Make your own free website on Tripod.com

Reportagens de Novelas: www.novelas.web.pt

Susana Gonzáles no Limite do Sucesso

Home | 15 anos a mil por Hora | Susana Gonzáles no Limite do Sucesso | Canavial ou Manancial | César Évora em No Limite da Paixão | Fernando Colunga o rei das Novelas | Especial Adela Noriega | A descarada Rubí

logo.jpg

Ela é uma das raras combinações de beleza e talento. Tendo atuado em 11 novelas, duas delas como protagonista, Susana González vem se firmando como uma das novas grandes estrelas da Televisa. 
Sua primeira novela foi Sentimientos Ajenos, onde viveu Norma, um personagem de pouca importância. A partir de Preciosa, seus personagens ganharam mais destaque. Depois de trabalhar algumas vezes com Emilio Larrosa, ganhou sua primeira grande oportunidade como a protagonista de No Limite da Paixão, com Salvador Mejía Alejandre, com quem já havia trabalhado. Ela gravou uma participação na novela Rosalinda, onde interpretaria Soledade (Angélica Maria) na primeira fase da novela. Mas de última hora, cortaram sua participação, que inclusive foi gravada. 

Porém sua chegada a No Limite da Paixão foi um tanto conturbada. Inicialmente, o papel seria para Aracely Arámbula, que recusou por querer se dedicar a sua carreira musical. O personagem precisou ser mudado para se adequar às características das atrizes que fizeram teste para Ana Cristina, entre elas Vanessa Guzmán, Ana Patrícia Rojo, Mónika Sanchez e Luz Elena González. Susana González foi a escolha mais inesperada, e a princípio, ninguém apostava em sua química com César Évora, e muito menos que ela tivesse a força necessária para viver uma protagonista, visto que sua imagem ainda estava associada aos personagens provocantes e de caráter duvidoso que interpretou anteriormente.

Mas logo a novela começou, entre críticas e elogios do início de qualquer atriz, Susana provou que era sim a protagonista ideal para a história. Fez realmente muito sucesso. Ganhou inclusive o prêmio TV y Novelas de Revelação Feminina. Além disso, sua química que a princípio seria um fracasso, prevaleceu em um prêmio ao melhor casal romântico com César Évora.
Nos bastidores de No Limite da Paixão, Susana conheceu Pablo Montero e os dois tiveram um breve romance. Isso só aumentou os rumores de uma rivalidade com Aracely Arámbula, que recentemente, disse que por causa dela, que recusou algumas propostas de novelas, muitas colegas tiveram a oportunidade de serem protagonistas. Susana nega qualquer rivalidade. “Não existe rivalidade entre Aracely Arámbula e eu, apesar que o papel estava pensado para ela. Mas aconteceu que eu fiquei beneficiada”, afirma.
O que Susana González quis provar com sua heroína em No Limite da Paixão era que podia ser uma grande atriz, sem precisar estar o tempo todo de biquíni. Ela não guarda tão boas recordações de seu trabalho em Amigas e Rivais, no qual viveu Ângela. Ela alega que lá sua imagem foi explorada de maneira exagerada. Apesar disso, ela ainda é muito agradecida ao produtor Emilio Larrosa, que lhe deu seu personagem mais famoso dos tempos de coadjuvante, a sedutora Ivete de Mujeres Engañadas
Atualmente, Susana comprova seu carisma e talento junto ao público, protagonizando mais uma novela: Velo de Novia. Nessa novela, ela brilha como Andréa Paz e tem a função de conscientizar o telespectador sobre a importância da doação de órgãos. Tanto é que a própria Susana González já é doadora. “A princípio, disse que o dia em que eu doasse meus órgãos, iria fazer sem publicidade. Mas depois que ajudamos em uma clínica, minha visão mudou, e pensei que o que eu deveria fazer era publicidade. Estou a favor de uma causa que beneficia a todos.”, garante a estrela.
Susana González prova que por ser uma atriz profissional e perfeccionista em seu trabalho, chegou onde chegou. Atualmente, é uma grande estrela da Televisa. E vem conquistando cada vez mais fãs no mundo todo.