Make your own free website on Tripod.com

Reportagens de Novelas: www.novelas.web.pt

A descarada Rubí
Home | 15 anos a mil por Hora | Susana Gonzáles no Limite do Sucesso | Canavial ou Manancial | César Évora em No Limite da Paixão | Fernando Colunga o rei das Novelas | Especial Adela Noriega | A descarada Rubí

Em fevereiro, o público receberá a visita de uma mulher tão bela, de olhar angelical e sorriso diabólico: Rubi.

A atriz uruguaia Bárbara Mori é a estrela dessa história, que leva como título o nome de seu personagem. A novela foi o grande sucesso da Televisa em 2004, e está dando a volta ao mundo, conseguindo um enorme êxito na maioria dos lugares onde está sendo exibida.

Rubi conta a história de uma jovem extremamente bela e sedutora, mas pobre, que vive em um bairro humilde com sua mãe, uma sofrida costureira, e sua irmã mais velha, uma jovem batalhadora que luta para manter Rubi na universidade. Esse mundo de pobreza e privações não é o que busca Rubi. Ela está disposta a unir o útil e o agradável: se apaixonar de verdade por um homem rico, que lhe brinde com a vida que sempre sonhou.

Para alcançar esse desejo, Rubi se aproxima de Maribel (Jaqueline Bracamontes), uma jovem rica, mas que tem alguns complexos devido a ser manca. Interesseira, Rubi se torna sua melhor amiga, podendo ao menos, aproveitar um pouco da vida de conforto e luxo que Maribel leva. 

Dois homens cruzam a vida de Rubi. O primeiro é Alessandro (Eduardo Santamarina), um médico que ama sua profissão e é muito honesto. Será seu verdadeiro amor. Mas os sonhos de Rubi serão destruídos quando ela descobre que Alessandro não é milionário. Maribel está apaixonada por Heitor (Sebastian Rulli), ele a ama sinceramente, sem importar com o defeito na sua perna. Heitor é o único herdeiro de uma grande fortuna. Rubi não pensa duas vezes em jogar seu charme para o noivo da melhor amiga, e assim, roubá-lo dela. Amor, ódio, ambição, inveja e traição Todos esses sentimentos serão vividos a flor da pele por essa controversa protagonista de Rubi.

                  

A produção de Rubi fica a cargo de José Alberto Castro, que se sobressaiu como nunca ao comandar essa história, adaptada por Ximena Suarez de um original de Yolanda Vargas Dulché. O responsável pela direção é Benjamin Cann. Antes da estréia da novela, ela já era comentada, devido a polêmica escolha da protagonista-vilã. Muitos nomes foram cogitados, como Aracely Arámbula, Patrícia Manterola, Vanessa Guzmán, Sara Maldonado, Arleth Terán.

Os castings agitaram a Televisa por várias semanas, até que a escolha veio e surpreendeu a todos: Bárbara Mori. A atriz não pertencia ao elenco da Televisa, mas havia atuado em muitas novelas da empresa concorrente, a TV Azteca. Uma delas foi vista por aqui. Ela foi a Mônica, do sucesso Olhar de Mulher. Além dessa novela, ela protagonizou novelas como Azul Tequila, Súbete a Mi Moto e Amor Descarado. Muitos foram os que criticaram essa decisão de chamar alguém de fora. Mas Bárbara Mori mostrou que não podia ter havido escolha melhor para o papel. Ela se destacou muito como Rubi, e foi o nome mais comentado de 2004 nas telenovelas. E para ela, Rubi foi um antes e depois em sua carreira.

A novela, apesar de ser um remake, era um risco. Afinal, não se sabia qual seria a reação do público ao ver uma novela protagonizada por uma vilã. Mas a excelente adaptação aliada a atuação do elenco, garantiram uma novela que não caiu nos clichês. O público se dividiu, houve quem condenou as atitudes dela, mas também, houve os que torceram para que Rubi conseguisse alcançar seus objetivos. E para o final, não faltaram apostas sobre qual seria o desfecho dessa “descarada”, como ficou conhecida Rubi.
Rubi promete causar polêmica no SBT nos próximos meses. Afinal, até que ponto uma pessoa pode chegar em sua ambição? Todos irão se surpreender com a escalada de Rubi rumo a alta sociedade.